Institucional

Todos os campus

Reitor vai a Brasilia defender projetos para a UFV

21/06/2019

Prof. Demetrius em reunião no MAPA

O reitor da UFV, Demetrius David da Silva esteve em Brasília, na semana passada, para participar de reuniões para discutir diversos projetos da UFV com órgãos públicos.

Ministério da Educação (MEC): Em reunião como o secretário de educação superior do MEC, Arnaldo Barbosa de Lima Júnior, a intenção do reitor foi debater soluções para o orçamento da UFV. Ele relatou as dificuldades enfrentadas, caso a redução do orçamento se efetive na magnitude anunciada, bem como apresentou a projeção das despesas para 2019 e o planejamento da Universidade para se adaptar aos possíveis cenários de cortes orçamentários. O reitor também se manifestou em defesa da UFV, enfatizando o reconhecido padrão de qualidade da Universidade nas diferentes áreas do conhecimento científico e tecnológico, além das contribuições das atividades de ensino, pesquisa e extensão para o para o desenvolvimento do País.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

Nesta reunião, também participaram a ministra da agricultura e ex-aluna da UFV, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, o secretário  executivo do MAPA, Marcos Montes Cordeiro, o diretor de programa do MAPA e também ex-aluno da UFV, José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho, além do deputado federal Rodrigo de Castro. Dentre os diversos assuntos tratados destacam-se o projeto Cooperativismo SAF/UFV, viabilizado por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED), assinado entre a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF/MAPA) e a UFV. O projeto está sendo executado por professores, técnicos e estudantes dos Departamentos de Economia Rural (DER) e de Engenharia Civil (DEC). O objetivo é desenvolver ações de fomento, fortalecimento e consolidação do sistema associativista e cooperativista da agricultura familiar em todos os estados do Nordeste e nas regiões de Minas Gerais e do Espírito Santo que fazem parte da área de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE).

O reitor Demetrius David da Silva também debateu parcerias já delineadas entre o MAPA e a UFV para “residência agrária”. A proposta, ainda em fase de planejamento, terá como foco o delineamento de um sistema de capacitação de profissionais recém-formados nas áreas de ciências agrárias para atuarem junto aos pequenos, médios e grandes produtores rurais de todo o país. A perspectiva é de que, em parceria com o MAPA, as universidades participantes garantam uma bolsa a esses recém-formados para que possam permanecer por mais um ano nessas instituições, envolvidos diretamente em projetos de extensão direcionados a áreas, culturas, produção animal e processos produtivos previamente definidos pelo Ministério.

Segundo o reitor, em breve a UFV apresentará ao MAPA uma proposta bem estruturada e articulada, buscando ser a pioneira na implementação deste programa de extensão universitária e de fortalecimento, tanto da capacidade produtiva da agricultura brasileira, quanto da inserção de jovens agrônomos, zootecnistas, engenheiros agrícolas e ambientais, engenheiros florestais e médicos veterinários no mercado de trabalho.

Nesta reunião, o reitor da UFV também destacou a parceria internacional entre o Brasil e a Etiópia, tendo como foco o desenvolvimento científico para o combate à praga conhecida como “ferrugem do café”. A Etiópia apresenta uma diversidade genética de enorme relevância estratégica para o futuro da cultura do café, facilitando o desenvolvimento de soluções para problemas como a ferrugem. Segundo o reitor, o Brasil e a UFV podem ter posição de destaque no aproveitamento dessa herança genética e na aplicação de pesquisas para melhoria do café, visto que já existem parcerias consolidadas com diversas Universidades e Institutos de Pesquisa da Etiópia. “Precisamos agora de uma ação institucional do governo brasileiro, por meio da Agência Brasileira de Cooperação, para viabilizar ações de cooperação com a Etiópia”, disse ele.

Sebrae

Na terça-feira, dia 18, a reunião do reitor da UFV, Demetrius David da Silva foi com o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Carlos Carmo Andrade Melles. A reunião fez parte da agenda positiva da Reitoria para o estabelecimento de novos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a UFV, que tenham potencial de contribuir para alavancar o desenvolvimento científico, tecnológico e econômico. O deputado federal Rodrigo de Castro também participou da reunião com interesse de apoiar atividades que possam gerar emprego e renda qualificados para a Zona da Mata. Dentre as possíveis ações identificadas, discutiu-se a criação de um programa para a atração de empresas de base tecnológica para o processo de povoamento do Parque Tecnológico de Viçosa (TecnoPARQ), com possibilidade de atração de empresas de base tecnológica de Israel para o TecnoPARQ.

O reitor também destacou o projeto de parceria entre o Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (CenTev/UFV), o Instituto de Política Públicas da UFV (IPPDS) e o Sebrae Minas. O diretor técnico do Sebrae, João Cruz Reis Filho, também é egresso da UFV, sinalizou interesse em apoiar esta iniciativa.

Divulgação Institucional