Institucional

Todos os campus

Campus UFV-Florestal comemora 80 anos de existência

30/04/2019

Coral do CAF-UFV

Com a presença da reitora da UFV, professora Nilda de Fátima Ferreira Soares; do diretor do Campus UFV-Florestal (CAF/UFV), professor Marco Antônio de Oliveira, do ex-diretor do CAF/UFV, professor Antônio Cézar Pereira Calil; bem como de pró-reitores, diretores de centros, professores, técnicos, estudantes e autoridades civis e militares, inclusive do prefeito municipal de Florestal, Otoni Alves de Oliveira Melo e do deputado estadual Gustavo Mitre, foi inaugurado, na tarde do dia 26 deste mês, o prédio de Laboratórios de Ensino (LEN) do CAF/UFV, cuja inauguração fez parte da programação de comemoração dos 80 anos da Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (Cedaf) e do CAF/UFV.

A comemoração teve início na parte da tarde da quinta-feira, 25, no auditório do LEN, com apresentação do Coral do CAF/UFV e pronunciamentos do ex-diretor e do atual diretor do Campus, que prestou homenagem aos aposentados de 2018 e 2019, entregando placas e medalhas aos servidores agraciados. Em seguida, discursaram, em nome dos aposentados técnico-administrativos, o servidor José Aparecido de Paula, e, em nome dos aposentados docentes, o professor Messias Antônio Silveira Andrade. Logo após, foi exibido um vídeo sobre o CAF/UFV e oferecido um lanche ao público presente.

Na sexta-feira, no horário do almoço, nas dependências do Centro de Treinamento Agrícola (CTA), foi feita a distribuição do bolo comemorativo dos 80 anos para estudantes e servidores do Campus. A partilha e distribuição foi feita pelo atual e pelo ex-diretor do CAF/UFV, bem como pelos diretores Wanderson Ferreira de Souza, Eduardo França Castro e Elias Vasconcelos Rezende, de Extensão e Cultura, de Ensino e de Assuntos Comunitários, respectivamente. Já, na parte da tarde, às 14h, a comemoração teve prosseguimento com a apresentação da Banda da Polícia Militar de Minas Gerais. Após a apresentação musical, a reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares e o diretor Marco Antônio de Oliveira fizeram o descerramento da placa de inauguração do prédio do LEN e convidaram todos os presentes a se dirigirem ao auditório, onde houve outra apresentação do Coral do CAF/UFV, pronunciamentos de várias autoridades e homenagens aos 80 anos da Instituição, seguidas de lanche para os convidados.

Encerrando a programação, foi realizado, no sábado, 27, das 8 às 12h, o 5º Festival de Pescaria do CAF/UFV, destinado aos servidores e seus dependentes, sob a supervisão e organização do Curso de Licenciatura em Educação Física. O evento premiou pescadores de três categorias, com troféus de primeiro e segundo lugar.

 

Tudo começou em 1939 com a criação de uma Fazenda Escola

 

Inaugurada em 26 de abril de 1939, a então Fazenda Escola de Florestal, criada pelo governador de Minas Gerais, Benedito Valadares, comemora seus 80 anos em 2019 como Campus UFV-Florestal.

A Fazenda Escola era destinada à formação de capatazes e administradores de fazendas, bem como ao oferecimento de cursos rápidos aos fazendeiros. Mas, em 1943, a instituição, à época subordinada ao Departamento de Ensino Técnico da Secretaria da Agricultura, ganhou outra função: abrigar menores e ministrar ensino primário e profissional agrícola.

Quatro anos depois, durante o governo de Milton Soares Campos, cujo secretário da Agricultura era Américo René Gianetti, foi transformada em Escola Média de Agricultura de Florestal (Emaf). O primeiro organizador e diretor da Emaf foi o professor Geraldo Francisco Correa, da Escola Superior de Agricultura (Esav), hoje Universidade Federal de Viçosa (UFV).

A Emaf iniciou suas atividades em abril de 1949, com o curso médio de Agricultura, cujo objetivo era formar técnicos agrícolas. Em 1955, a escola foi incorporada à extinta Universidade Rural de Minas Gerais (Uremg) e, em 1969, à UFV. O Campus passou, então, a ser denominado Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (Cedaf) em 1981, quando oferecia apenas cursos de nível técnico.

A partir de 2006, a instituição, cuja área abrange cerca de 1.540 hectares, passou por ampliação em número de vagas e criação de novos cursos. Tal crescimento se deu em função da política do governo federal de expansão e melhoria da qualidade do ensino superior, por meio do Programa de Expansão I de 2006 e do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação de Expansão das Universidades Federais (Reuni) em 2007, aos quais a UFV aderiu.

Com isso, a Cedaf, que atua como escola técnica vinculada à UFV, pertencendo ao Campus UFV/Florestal, também aumentou o número de vagas e cursos, além de oferecer também o ensino médio. São seis cursos técnicos: Agropecuária (desde 1975), Alimentos (desde 1999), Eletrônica (desde 2011), Eletrotécnica (desde2011), Hospedagem (desde 2006) e Informática (desde 1999). Vale lembrar que a Cedaf já formou aproximadamente seis mil profissionais em seus cursos técnicos.

Em 2008, o Campus UFV/Florestal iniciou a oferta de seus dois primeiros cursos superiores: Tecnologia em Gestão Ambiental e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Atualmente, são oferecidos dez cursos superiores, sendo eles: Administração (desde 2011), Agronomia (desde 2010), Ciência da Computação (desde 2012), Engenharia de Alimentos (desde 2010) e as licenciaturas em Ciências Biológicas (desde 2009), Educação Física (desde 2010), Física (desde 2009), Matemática (desde 2009) e Química (desde 2009), além de Tecnologia em Gestão Ambiental.

Há, ainda, na instituição, cursos de pós-graduação: Mestrado em Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários (MCENA); Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional; Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat), e Mestrado Multicêntrico em Química, além do Doutorado Acadêmico em Ciência da Computação, por meio de um programa multicampi com o Campus UFV-Viçosa.

Como se pode perceber, apesar da recente criação dos cursos superiores, a UFV-Florestal apresenta uma antiga história ligada ao ensino técnico. O Campus possui reconhecida competência na formação de profissionais e desenvolvimento de ensino, pesquisa e extensão, especialmente na área de Ciências Agrárias. E, agora, vem se desenvolvendo a formação multidisciplinar e inovadora, alicerçada na experiência da UFV e adaptada ao contexto regional.

Para manter a tradição e a qualidade, a UFV-Florestal conta, atualmente, com 133 docentes e 193 servidores técnico-administrativos, os quais atendem os 1381 alunos matriculados nos dez cursos de graduação, além de 20 no Mestrado Acadêmico, 47 no Mestrado Profissional, um no Pós-Doutorado, 782 nos seis cursos técnicos, 902 no Mediotec, 220 no Ensino Médio Federal e um pesquisador colaborador. Para tal, a instituição está em constante crescimento no que diz respeito aos recursos humanos e à infraestrutura.

Abaixo estão registrados alguns flagrantes das atividades programadas para a comemoração. O restante das fotos pode ser acessado clicando nesse link .

 

Texto e fotos Fernando Faria e Fernanda Pessoa
Divulgação Institucional-UFV/CAF

 

Bolo comemorativo dos 80 anos do CAF-UFV

Composição da mesa de inauguração do prédio do LEN

Apresentação da Banda da Polícia Militar de Minas Gerais

Descerramento da placa de inauguração do prédio do LEN

Inscrição para o 5º Festival de Pesca do CAF-UFV

Pescaria no 5º Festival de Pesca

.