Institucional

Todos os campi

UFV disponibiliza vagas de mestrado profissional em Ciências da Saúde para servidores técnico-administrativos

01/10/2020

Uma parceria entre a Reitoria, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PGP) e o Departamento de Medicina e Enfermagem (DEM), possibilitará a oferta de 10 vagas para servidores técnico-administrativos do quadro efetivo da UFV no mestrado profissional do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS). Os candidatos devem possuir diploma de ensino superior na área da saúde ou áreas afins.

As inscrições acontecerão de 10 a 26 de outubro, de acordo com o estabelecido no edital anexo. Das 10 vagas ofertadas, duas serão reservadas para candidatos que se autodeclarem negros (pretos e pardos), indígenas e/ou pessoas com deficiência.

Para a coordenadora do PPGCS Luciana Moreira Lima, além de profissionais mais qualificados atuando na administração pública, a parceria favorece também os cursos da área da saúde, já que, muitas vezes, são os servidores técnicos que recebem os alunos de graduação nos estágios e campos de prática. Além disso, o próprio programa é beneficiado, pois “o convênio vai de encontro ao principal objetivo do curso: a formação de recursos humanos altamente qualificados para atuar no SUS, fortalecendo a saúde e o ensino público de qualidade”, destaca.

Além deste, foi lançado pelo PPGCS outro edital, que oferta 12 vagas para a comunidade em geral. Todos os detalhes podem ser conferidos no site do programa.

Capacitação de servidores técnico-administrativos

O edital faz parte do compromisso assumido pela Administração Superior em ampliar a reserva de vagas para os servidores técnico-administrativos em programas de mestrado profissional da instituição. O reitor Demetrius David da Silva lembra que o objetivo da administração é criar, no futuro, um mestrado profissional específico para os servidores da UFV, mas enquanto isso não acontece, “a reitoria vai estimular novos programas de mestrado profissional e apoiar ainda mais os que já existem na Universidade”.

De acordo com o pró-reitor de Gestão de Pessoas Luiz Antônio Abrantes, o investimento na continuidade de formação e qualificação dos técnicos-administrativos é fundamental para o servidor, que evolui em aspectos pessoais e profissionais, e para a Universidade, já que “o conhecimento adquirido é revertido na melhoria de seus processos e no desenvolvimento institucional, tendo em vista que muitas das temáticas desenvolvidas tem como fonte de pesquisa o próprio trabalho do servidor”.

Além da parceria estabelecida com o DEM, uma parceria com o Departamento de História também disponibilizou 10 vagas exclusivas para servidores técnico-administrativos no Curso de Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania para o ano de 2020.  

 

Divulgação Institucional