Institucional

Todos os campus

UFV Rio Paranaíba inaugura Núcleo de Estudo e Pesquisa do Zoneamento Ambiental Produtivo

26/02/2020

.

A UFV-Rio Paranaíba inaugurou, dia 20 de fevereiro, o Núcleo de Estudo e Pesquisa do Zoneamento Ambiental Produtivo (Nepzap). O Núcleo irá desenvolver atividades de pesquisa, ensino e extensão relacionadas ao Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP), uma metodologia mineira de caracterização socioeconômica e ambiental de sub-bacias hidrográficas.

 A cerimônia de lançamento contou com a  presença do reitor Demetrius da Silva, da secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Ana Maria Soares Valentini, do prefeito de Rio Paranaíba, Valdemir Diogenes da Silva, de vereadores da região, representantes da Emater, Imas, do assessor especial da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Luciano Baião Vieira, que foi diretor do Campus Rio Paranaíba, e do atual diretor, Renato Alves Ruas, entre outros.

Durante a cerimônia, o coordenador do Nepzap, professor Frederico Carlos Martins de Menezes Filho, explicou que o Núcleo tem como objetivo promover a caracterização sócio, econômica e ambiental de bacias hidrográficas. Para ele, a metodologia desenvolvida permite realizar diagnósticos que levam em consideração aspectos multidisciplinares das bacias tais como paisagem, disponibilidade hídrica e uso do solo por meio de sistemas de informações geográficas (SIG). “Os diagnósticos contemplam conflitos de interesses no uso dos recursos ambientais das bacias gerando dados que podem subsidiar programas, projetos e fiscalização do uso destes recursos”.

A equipe técnica do Núcleo conta também com os professores Adriana Zanella Martinhago, Marcelo Ribeiro Pereira, Renato Adriane Alves Ruas e Reynaldo Furtado Faria Filho, o engenheiro ambiental Ernani Lopes Possato e o engenheiro agrônomo Marcos Resende Pereira. O Nepzap pretende promover a capacitação técnica para uso e aplicação do ZAP, fomentar o seu uso e aplicação por meio de estudos multidisciplinares, atender às demandas internas e externas da UFV relacionadas à metodologia, bem como constituir um centro de referência voltado ao ensino, pesquisa e extensão.

Para a Secretária Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a metodologia será muito bem-vinda para Minas Gerais.  Segundo Ana Maria Valentini, não é mais possível considerar qualquer modelo de gestão que não considere toda a bacia onde o município ou empreendimento esteja inserido. Além da Secretaria, o Nepzap terá apoio também da Emater.

Para o reitor da UFV, Demetrius Davi da Silva, a iniciativa do Núcleo está de acordo com o que a sociedade espera da universidade pública e com a tradição da UFV de promover pesquisas que contribuam para a melhoria do ensino e realizem trabalhos de extensão para as diversas comunidades.

Divulgação Institucional

.