Institucional

Todos os campus

UFV conquista mais de 400 bolsas nos editais do Pibid e Residência Pedagógica

25/05/2020

A UFV obteve sucesso nos editais de seleção dos Programas Residência Pedagógica e Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), da Capes. Foram conquistadas 432 bolsas, sendo 240 pelo Pibid e 192 para o Residência Pedagógica. As propostas da Universidade obtiveram a 16ª e 20ª colocação, respectivamente, entre as 564 de 302 instituições de ensino superior de todo o pais.

Os projetos da UFV foram elaborados pela equipe da Pró-Reitoria de Ensino, coordenados pelos assessores especiais Cristiane Aparecida Baquim e Sukarno Olavo Ferreira e pelos coordenadores institucionais do Pibid e Residência Pegagógica na UFV, Rafael Gustavo Rigolon e Esther Giacomini Silva.

De acordo com o professor Sukarno, houve um considerável aumento no número de bolsas aprovadas para a UFV, comparado ao edital anterior, quando foram alcançadas 205 bolsas para o Pibid e 144 para a Residência Pedagógica. Os projetos aprovados serão desenvolvidos em cerca de 30 escolas do ensino fundamental e médio de 10 municípios das regiões dos campi de Viçosa e Florestal. A definição das escolas ainda passará por uma etapa de habilitação pelas secretarias municipais e estaduais de educação. A previsão é que os projetos se iniciem em agosto de 2020.

Este ano 60% das vagas foram destinadas às áreas prioritárias de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Física, Química, Biologia e Alfabetização, nas quais há maior déficit de formação de professores, segundo a Capes. Além delas, poderão ser contempladas também as áreas de Arte, Educação Física, Língua Inglesa, Língua Espanhola, Geografia, História, Informática, Sociologia, Filosofia e as licenciaturas Intercultural Indígena, em Educação do Campo e em Pedagogia. Além destas bolsas, que serão distribuídas entre os estudantes dos diversos cursos de licenciatura, os projetos aprovados contemplam ainda bolsas para docentes da UFV, que atuarão como coordenadores de área e para os docentes das escolas, que atuarão como supervisores.

O Pibid oferece aos bolsistas, que estão na primeira metade do curso, uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que elas estão inseridas. Já a Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem o objetivo de aperfeiçoar o estágio curricular supervisionado nos cursos de licenciatura. A partir dele, o licenciando, na segunda metade do seu curso, inicia sua imersão na escola de educação básica.

Divulgação Institucional – campus Viçosa