Saúde

Campus Viçosa

Uso de probióticos pode ser uma nova forma de tratamento para doença celíaca

23/07/2014

O estudo tem orientação da professora Maria do Carmo Peluzio

No artigoIntestinal Microbiota and Probiotics in Celiac Disease”, publicado na última edição da revista da Sociedade Americana de Microbiologia, Clinical Microbiology Reviews, Fator de Impacto 17, pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Nutrição da UFV discutem o uso de probióticos como novo tratamento para doença celíaca.

 

De acordo com o estudo realizado pelos pós-graduandos, Luís Fernando de Sousa Moraes e Tatiana Fiche de Sales Teixeira, com orientação da professora Maria do Carmo Gouveia Peluzio e participação do professor visitante da  Universidade de Turku, na Finlândia, Lukasz Marcin Grzeskowiak, existe a hipótese de que a microbiota intestinal alterada esteja de alguma forma envolvida na evolução da doença celíaca. Assim, os probióticos surgem como um adjuvante interessante no controle dietético da doença. Vale destacar que a microbiota intestinal é popularmente conhecida como flora intestinal.

A matéria completa sobre o assunto pode ser conferida no site da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação

 

(Fonte: PPG)