Institucional

Todos os campi

Doutoranda aborda impactos da produção de bio-óleo com biomassa de algas em periódico com alto fator de impacto

26/11/2021

Bianca é a primeira autora do artigo

A doutoranda Bianca Barros Marangon, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC), publicou o segundo artigo de sua dissertação de mestrado no periódico Renewable & Sustainable Energy Reviews, com classificação A1 no Qualis Capes e alto fator impacto: 14.982. Intitulado Environmental performance of microalgae hydrothermal liquefaction: life cycle assessment and improvement insights for a sustainable renewable diesel, o artigo traz uma avaliação do ciclo de vida (ACV) da produção de diesel renovável obtido via liquefação hidrotérmica (HTL) de biomassa de microalgas. A liquefação hidrotérmica converte toda matéria orgânica presente na biomassa e ocorre em meio aquoso, sendo, portanto, um processo ambientalmente atraente.

A ciência já sabe que a biomassa de microalgas é uma fonte promissora de energia renovável, principalmente quando o seu crescimento está associado ao tratamento de efluentes. No entanto, a biotecnologia de microalgas ainda tem muito a melhorar em termos de produtividade, custos e impactos ambientais, conforme argumenta Bianca em sua dissertação, defendida em março deste ano. Além disso, a pesquisadora lembra sobre a necessidade de otimização das rotas de valorização da biomassa algal para serem uma fonte sustentável e viável de bioenergia.

Na dissertação, Bianca aborda os impactos ambientais da produção de bio-óleo a partir de biomassa de algas via HTL. Ela também aponta insights para a otimização da biorrefinaria de valorização da biomassa algal advinda do tratamento de águas residuárias. Para isso, comparou dois reatores de tratamento de efluentes e crescimento de microalgas e estudou, por meio de cenários modelados, o desempenho ambiental de duas rotas de valorização da biomassa: briquetes e bio-óleo.

O artigo da Renewable & Sustainable Energy Reviews é mais uma publicação do grupo SIGEOnPA - liderado pela professora Maria Lúcia Calijuri, do Departamento de Engenharia Civil - que desenvolve uma série de pesquisas e atividades de extensão. Dentre elas, ações de valorização de resíduos do saneamento ambiental por meio do tratamento de efluentes e cultivo de biomassa de microalgas, reuso de água, geração de bioenergia, melhoria da disponibilidade de água em quantidade e qualidade e educação ambiental.

Além da Bianca e da professora Maria Lúcia, sua orientadora, também assinam o artigo a pós-doutoranda da UFV e integrante do SIGEOnPA, Jackeline de Siqueira Castro, e os professores Eduardo de Aguiar do Couto (Universidade Federal de Itajubá) e Paula Peixoto Assemany (Universidade Federal de Lavras), ambos egressos do SIGEOnPA.

Na imagem abaixo, um fluxograma que resume o trabalho publicado.

Divulgação Institucional

.