Institucional

Todos os campi

Inflação em Viçosa é maior que o dobro da nacional em 2020

08/01/2021

A inflação viçosense foi superior à média nacional no ano passado, segundo relatório do Departamento de Economia (DEE) da UFV que traz detalhes do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Viçosa) na cidade. O acumulado de 2020 no país foi de 4,23%, de acordo com o IBGE, enquanto que em Viçosa chegou a 10,19% - maior taxa registrada nos últimos quatro anos.

O grupo que mais impactou na formação dessa alta em Viçosa foi "Alimentação", com 25,64% no acumulado do ano. Para efeito de comparação, o segundo maior índice veio da categoria "Artigos de Residência", com 16,46%, seguida por "Vestuário" (6,83%). Segundo o relatório, os alimentos ficaram mais caros devido ao câmbio favorável - com o real desvalorizado frente a outras moedas - na maior parte de 2020, tendo "estimulado às exportações em detrimento da oferta interna".

Os 10,19% de inflação em 2020 foram superiores às registradas em 2019 (7,47%); 2018 (8,17%); e 2017 (3,35%). Na comparação com o índice nacional, os pesquisadores da UFV observam que "a explicação para tal resultado pode residir na existência de maiores custos de transporte e de menor concorrência entre os fornecedores de bens e serviços para o município de Viçosa, localizado no interior do estado de Minas Gerais, em comparação às capitais nas quais o IPCA-15 é levantado".

A íntegra do estudo pode ser conferida clicando no arquivo a seguir.

Divulgaçao Institucional - campus Viçosa