Institucional

Todos os campus

Alunos da UFV lançam modelo de carro de corrida para competição

24/05/2019

Uma equipe de alunos da UFV apresentou à comunidade universitária um carro de competição tipo “Fórmula”, todo feito aqui mesmo, dentro dos laboratórios da Universidade. O carro é movido a eletricidade e vai competir, em São Paulo, com projetos de outras instituições.

A apresentação aconteceu na noite do dia 21, no auditório do Departamento de Engenharia Florestal com a presença de autoridades da Administração da UFV e estudantes interessados em conhecer o modelo.

O projeto do carro nasceu em 2015, quando alunos do Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica, orientados pelo professor Lucas Benini, participaram da primeira fase da competição, promovida pela Sociedade de dos Engenheiros Automotivos. Em 2017, foi apresentado e aprovado o projeto virtual e iniciada da construção do protótipo chamado de E 17. A competição acontece desde 2008 e, desde 2015, passou a exigir que os carros fossem movidos a energia elétrica.

Na primeira etapa, a equipe da UFV era formada por apenas quatro alunos. Ao final, eram 47 estudantes de diversos cursos, cada um atuando na sua área.  Para participar do projeto, é preciso vencer seletivas entre candidatos. Gabriel Fonseca, aluno da Engenharia Mecânica participa do projeto desde o início. Ele explica que a experiência da construção do carro é fundamental para a formação dos futuros profissionais. Isso porque, o projeto funciona como uma empresa, com hierarquias, prazos, rotinas e interação entre equipes. “Em todas as etapas nós aplicamos as várias competências que aprendemos nos cursos, mas nós vamos além. A convivência, o trabalho em equipe e a responsabilidade com cada detalhe simulam a vivência dentro de uma empresa e isso é muito positivo para a nossa formação”, diz ele.

Para a construção, os futuros engenheiros elétricos, mecânicos e de produção dimensionam cada componente, criam todas as peças e mecanismos e projetam suas relações com os subsistemas do carro. O projeto de criação de uma empresa capaz de construir o protótipo em larga escala também faz parte da competição. Com tantas exigências de capacidades diferentes, o projeto inclui alunos dos cursos de administração, educação física, química, engenharia agrícola e comunicação social.

O carro será apresentado no final do ano para que os jurados avaliem itens como segurança, dirigibilidade, desempenho e estabilidade. Depois, o protótipo irá participar de um enduro tipo “Fórmula”, onde vence o que for mais rápido.  Em todas as etapas da competição, em São Paulo, há especialistas de grandes empresas automotivas interessadas em captar jovens talentos para o mercado de trabalho. Para o professor Lucas, vencer interessa menos que participar. “Projetar um carro congrega muito conhecimento e trabalho em equipe. Para nós professores, o que eles aprendem na elaboração e execução do projeto é o mais importante”.

O projeto do carro já gerou artigos científicos apresentados em congressos e publicados em periódicos nacionais. O professor explica também que para participar do projeto, os alunos participam de duas disciplinas multidisciplinares, criadas apenas para a construção do protótipo. A construção do carro é reconhecida pela UFV como um projeto de extensão.  

Na cerimônia de apresentação, a reitora Nilda Soares anunciou que a equipe terá um espaço na “Fábrica de Ideias”, um espaço criado para abrigar projetos semelhantes, sediado na Vila Sete Casas, no campus da UFV.

Participaram da cerimônia, representando a equipe UFVolts Majorados, os estudantes Gabriel Fonseca, capitão da equipe em 2018, Marco Antônio de Oliveira, capitão em 2019, David Lelis, diretor de projetos em 2018, e Gabriela Toledo, diretora financeira e uma das fundadoras da equipe em 2015. A nova equipe terá o desafio de procurar financiamento para a construção do próximo modelo.

 

Léa Medeiros

Divulgação Institucional

A equipe UFVolts Majorados