Notícias

Professora chinesa vai ministrar aulas de mandarim na UFV

16/01/2018

Reunião firmou o acordo entre a UFV e o Instituto Confúcio

Idioma com maior número de falantes no planeta, o mandarim vai passar a ser oferecido gratuitamente a estudantes da UFV e à comunidade em geral. O ensino da língua oficial praticada na China, bem como da cultura daquele país, foi viabilizado por um acordo firmado com a unidade do Instituto Confúcio – entidade mantida pelo governo chinês em várias universidades do mundo – vinculada à UFMG. Os cursos, inicialmente na modalidade de extensão, deverão começar em março.

“O mandarim é estratégico na atualidade, haja vista a proeminência dos chineses no cenário econômico, no qual desponta como segunda potência, e geopolítico internacional”, explica o diretor de Relações Internacionais da UFV, professor Vladimir Oliveira Di Iorio. “Por isso, poder se comunicar nesse idioma pode ser visto como um grande diferencial para o profissional que tiver essa habilidade”, acrescenta o professor, observando que o inglês já é visto como uma exigência básica no mercado de trabalho contemporâneo, que requer sempre a busca por diferenciais competitivos.

 A China, ainda segundo o professor, tem interesse na difusão de sua cultura mundo afora – razão pela qual o governo chinês criou e vem mantendo as unidades do Instituto Confúcio. Por outro lado, as universidades mais renomadas e com maior inserção internacional, a exemplo da UFV, buscam estreitar laços visando ao estabelecimento de parcerias e intercâmbios. Em princípio, uma professora de mandarim será designada para oferecer os cursos, que vão acontecer em salas do Departamento de Letras, nos moldes dos demais cursos de extensão em línguas estrangeiras oferecidos pela UFV.

A diretora do Instituto Confúcio na UFMG, Yao Linshuang, esteve em Viçosa na última semana, acompanhando a professora Joy Shi, que vai ministrar os cursos na UFV. Ambas estiveram reunidas com o professor Vladimir e a reitora da UFV, Nilda Soares, que lhes explicou detalhes sobre a história da universidade, do sistema de ensino superior brasileiro e da cultura local. “É o início de uma grande oportunidade para nossa comunidade, que já conta com diversos outros cursos de línguas estrangeiras e, agora, poderá ter acesso ao aprendizado desse importante idioma”, destacou a reitora.

Para saber mais sobre os cursos de línguas oferecidos na UFV, acesse a página do Programa de Extensão em Ensino de Línguas (Prelin).

Marcel Ângelo
Divulgação Institucional

.

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial