Notícias

V Seminário de Iniciação à Docência discute desafios da educação no cenário contemporâneo

16/11/2017

Sônia Castellar ministrou a palestra de abertura

O V Seminário de Iniciação à Docência do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) discutiu a formação e a prática docente, entre os dias 14 e 16 de novembro. A iniciativa, realizada anualmente pelas coordenações Institucional e de Área de Gestão de Processos Educacionais, reuniu e buscou favorecer a interação entre bolsistas de iniciação à docência, supervisores e coordenadores de área do Pibid/UFV. A abertura aconteceu no Espaço Acadêmico-Cultural Fernando Sabino e contou com apresentações artísticas de três grupos de dança: o Afronte Urbano, o Êxtase Experimental, e o grupo Os Atuais.

A palestra de abertura foi ministrada pela professora Sonia Vanzella Castellar, da Universidade de São Paulo (USP), que apresentou o tema Formação Docente: desafios da educação no cenário da complexidade para um público de aproximadamente 500 pessoas. Sonia discorreu sobre os desafios que o cenário nacional contemporâneo impõe à educação e das mudanças que se fazem necessárias neste contexto, explicando ao jovem público docente a necessidade de se propor a sair da zona de conforto e apresentar uma dimensão cultural diferente em sala de aula.

A palestra foi estruturada em três eixos predominantes: o uso inteligente das tecnologias, a questão do reconhecimento profissional aos professores, e quanto às práticas de ensino. Ao abordar as novas tecnologias, Sonia lembrou do impacto sobre a saúde e bem-estar dos jovens, uma vez que as redes sociais estão associadas a frequência de doenças como a ansiedade nas últimas gerações. Assim, foi proposta uma valorização das interações sociais presenciais mediadas pela tecnologia, ou seja, o uso inteligentes delas para garantir aos estudantes o domínio de competências cognitivas e afetivas. Segundo a geógrafa, cada contexto tem sua linguagem. Para se fazer entender, é necessário “falar na mesma língua” que seus estudantes: os conteúdos devem ser entendidos cientificamente para fazer sentido e a abordagem deve ser adequada à realidade dos seus alunos. Para a docente, um dos caminhos possíveis para os desafios atuais da educação passa por uma educação investigativa, empática, colaborativa e de experimentação.

Ao falar sobre o Pibid, a palestrante ressaltou o programa como uma importante política pública responsável por evitar os distanciamentos e o momento de relacionar a teoria à prática, destacando que os fundamentos teóricos são imprescindíveis para aprofundar os conteúdos. Ela finalizou lembrando da responsabilidade social que cada professor carrega, de refletir e atuar sobre a realidade e dar acesso ao conhecimento, estimular a curiosidade em aprender, e proporcionar que seus alunos insiram-se no mundo, integrem-se na vida social, cultura e política e tornem-se cidadãos.

Durante a mesa de abertura, o atual coordenador institucional do Pibid/UFV, Rafael Gustavo Rigolon da Silva, falou da satisfação de promover o seminário e lembrou aos presentes do “super poder” que os docentes possuem de ensinar. Segundo ele, é um poder adquirido, reforçando que ensinar, acima de tudo, é estudo, treino e formação.

A secretária municipal de Educação de Viçosa, Ana Louricelia Chagas Monteiro, discursou sobre a necessidade de se aproximar o sistema de ensino à sociedade e parabenizou coordenadores, supervisores e futuros docentes. A diretora da Superintendência Regional de Ensino de Ponte Nova, Rosane Name dos Reis Fialho, mencionou o privilégio que Viçosa e região têm, devido à presença dos bolsistas do Pibid, e pediu aos futuros docentes que se façam presentes no cotidiano das escolas, lembrando que ensino e aprendizagem caminham juntos. A professora Wânia Maria Guimarães Lacerda, representando a Pró-Reitoria de Ensino e a Reitoria, destacou a grande honra que é ensinar e compartilhar conhecimento, além de um compromisso social e de ser um trabalho marcadamente humanitário.

A mesa de abertura contou ainda com as presenças do diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCB), João Marcos Araújo; do diretor do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CCE), Antônio Cleber Gonçalves Tibiriça; e do professor Evonir Pontes de Oliveira, representante da Diretoria do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCH).

As fotos do evento podem ser conferidas neste link.

Rodrigo Cupertino - estagiário
Fotos: Daniel Sotto Maior
Divulgação Institucional

.

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial