Notícias

Curso de Agronomia do Campus UFV-Florestal obtém excelência na avaliação do Enade-2016

17/10/2017

O curso de Agronomia do Campus UFV-Florestal da Universidade Federal de Viçosa obteve conceito máximo (nível 5) na avaliação do Enade-2016. A UFV teve 11 cursos avaliados e todos apresentaram desempenho acima da média nacional, sendo que seis alcançaram conceito máximo, dentre eles, os cursos de Agronomia dos campi Florestal e Viçosa. Foram avaliados 253 cursos de Agronomia no Brasil e apenas 14 deles obtiveram conceito máximo. O curso de Agronomia do Campus UFV-Florestal foi o 10º colocado no ranking nacional geral.

O Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) é componente obrigatório do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído pela Lei Nº 10.861, de 14 de abril de 2004, que também assegura o processo nacional de avaliação das instituições de educação superior e dos cursos de graduação. De acordo com essa lei, o Enade visa aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação, suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento. A avaliação do desempenho dos alunos de cada curso no Enade é expressa por meio de conceitos, ordenados em uma escala com cinco níveis, onde 5 representa o nível máximo, tomando por base padrões mínimos estabelecidos por especialistas das diferentes áreas do conhecimento.

A criação do curso de Agronomia no Campus UFV-Florestal ocorreu no dia 13 de agosto de 2009, na quadringentésima sexagésima quarta reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), e o início das atividades ocorreu em março do ano seguinte, com a entrada de 45 estudantes em sua primeira turma. No dia 30 de outubro de 2013, foi solicitado ao MEC o pedido de Reconhecimento do Curso de Agronomia, que se efetivou com a publicação da Portaria N° 306, pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, em 24 de abril de 2015.

Inicialmente, para funcionamento do curso, foi utilizada a infraestrutura básica (instalações e laboratórios) do curso Técnico em Agropecuária da Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (Cedaf). O curso de Agronomia contou, ainda, com a infraestrutura e os docentes e técnicos dos demais institutos do Campus UFV-Florestal. Com o passar dos anos e com os investimentos e o empenho das administrações superiores da UFV e do Campus UFV-Florestal, além da dedicação de docentes, técnico-administrativos e estudantes, houve uma grande evolução do curso. Além disso, também contribuiu a consolidação do Instituto de Ciências Agrárias (IAF) e a instalação de campos experimentais e laboratórios para estudos e pesquisas em diversas áreas, tais como: solos, produção de sementes, topografia, irrigação, fitopatologia, entomologia, plantas daninhas, floricultura, pós-colheita de produtos agrícolas, máquinas agrícolas, zootecnia, fruticultura, silvicultura e olericultura.

O resultado ora alcançado na avaliação realizada com os estudantes concluintes do curso de Agronomia em 2016 atesta, claramente, a qualidade do ensino e dos Engenheiros Agrônomos formados no Campus UFV-Florestal.

Fernando Faria

Fonte: Denis Medina Guedes e Cláudio Pagotto Ronchi/IAF

Divulação Institucional/UFV-Florestal

 

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial