Notícias

IPC-Viçosa registra inflação em fevereiro

15/03/2019

A inflação do mês de fevereiro, calculada pelo Departamento de Economia da UFV (DEE), foi de 0,99% e, embora em menor ritmo da verificada em janeiro (2,44%), mantém a tendência de alta de preços em Viçosa para o começo de 2019. Já o custo da cesta básica não apresentou variação em fevereiro e manteve-se estável no município.

Em fevereiro de 2019, conforme pode ser visualizado no arquivo anexo, os sete grupos que compõem o IPC-Viçosa tiveram as seguintes variações: Alimentação (2,82%); Saúde e Cuidados Pessoais (1,31%); Habitação (0,44%); Transporte e Comunicação (0,23%); Educação e Despesas Pessoais (0,10%); Vestuário (-0,14%); e Artigos de Residência (-2,37%).

Dentro do grupo Alimentação, o destaque é a alta no preço do feijão carioca (49,99%), feijão preto (45,57%) e feijão vermelho (42,36%). Esse aumento é o resultado da escassez do grão no mercado provocada por dois fatores: a diminuição da área plantada, após dois anos de prejuízos para os agricultores em função do excesso de oferta de feijão, e a redução da produção devido à seca nas regiões produtoras do Sul e Sudeste do país.

O DEE acompanha, desde 1985, a evolução dos preços de bens e serviços pagos pelos consumidores viçosenses. O público-alvo da pesquisa é uma família de quatro pessoas, com renda entre um e seis salários-mínimos. A pesquisa é realizada pelo professor Jader Fernandes Cirino e pela técnica Vânia Eugênia da Silva, e conta com o apoio da Fundação Arthur Bernardes (Funarbe) e da Empresa Júnior de Economia (Ejesc Jr).

O boletim deste mês pode ser conferido no arquivo anexo. As séries históricas e boletins anteriores do IPC-Viçosa estão disponíveis na páginado DEE.

Fonte: IPC-Viçosa
Divulgação Institucional

Notícias

UFV Na Mídia

Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial