Notícias

UFV conquista prêmio de Inovação Tecnológica da Agência Nacional de Petróleo

27/11/2018

.

O projeto da UFV, intitulado Produção de biodiesel avançado proveniente de microalgas nativas com captura intensiva de gás carbônico, foi o vencedor do Prêmio da Agência Nacional de Petróleo (ANP) de Inovação Tecnológica 2018, na categoria Resultado de projetos desenvolvidos exclusivamente por Instituição Credenciada, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática geral Transporte, Dutos, Refino, Abastecimento e Biocombustíveis. A premiação aconteceu no Palácio do Itamaraty, Rio de Janeiro, na última sexta-feira (23).

Dentre as cinco categorias do Prêmio, concorreram 102 resultados de projetos, de universidades, empresas petrolíferas e empresas brasileiras. A avaliação dos vencedores foi feita com base nos critérios de originalidade, relevância, aplicabilidade e funcionalidade da tecnologia e, como critério de desempate, a produção científica e tecnológica.

O projeto premiado foi realizado em parceria com a Petrobras e as universidades federais do Rio Grando do Norte (UFRN) e do Rio de Janeiro (UFRJ). As pesquisas com microalgas estão em desenvolvimento na UFV em parceria com a Petrobras desde 2010, quando a professora Rosane Maria de Aguiar Euclydes (in memoriam) coordenou o primeiro projeto, com colaboração dos professores Márcio Arêdes Martins, do Departamento de Engenharia Agrícola (DEA) e Jane Sélia dos Reis Coimbra, do Departamento de Tecnologia de Alimentos (DTA).

As microalgas destacam-se como fonte alternativa de matéria-prima para produção de biocombustíveis e outros compostos de maior valor agregado, como proteínas e pigmentos. As pesquisas conduzidas pelo grupo premiado objetivam viabilizar a produção de biodiesel de microalgas, por meio da seleção de linhagens com alta produtividade em óleo; desenvolvimento de técnicas de baixo custo para colheita e processamento de biomassa; e obtenção de metodologia de extração de óleo a frio, a partir de biomassa úmida de microalgas com posterior conversão a biodiesel. Além disso, desde 2016, estudos toxicológicos para avaliação da microalga como fonte alternativa para alimentação humana estão também em andamento uma parceria com o Laboratório de Nutrição Experimental do Departamento de Nutrição e Saúde (DNS).

O desenvolvimento dessas tecnologias só foi possível por meio da interdisciplinaridade do grupo de pesquisa, que conta com estudantes de graduação e pós-graduação em Engenharia Agrícola, Agronomia, Engenharia de Alimentos, Engenharia Biotecnológica, Engenharias de Controle e Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia Química.

Na UFV, o projeto é realizado pelo Laboratório de Biocombustíveis do Departamento de Engenharia Agrícola (DEA), sob a coordenação do professor Márcio Arêdes Martins, e em parceria com os Laboratórios de Operações e Processos, do DTA, e Unidade de Crescimento de Plantas do Departamento de Biologia Vegetal (DBV).

A notícia completa sobre a premiação pode ser conferida no site da ANP.

Fonte: Dilson Rocha
Divulgação Institucional

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial