Notícias

Professor da UFV será membro do IPCC da ONU

09/04/2018

Marcos Heil é professor do Departamento de Engenharia Agrícola

O professor Marcos Heil Costa, do Departamento de Engenharia Agrícola da UFV, acaba de ser nomeado para participar do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da Organização das Nações Unidas.  O IPCC  é o principal órgão internacional para a avaliação das mudanças climáticas e tem como objetivo fornecer ao mundo uma visão científica clara sobre o estado atual do conhecimento sobre as mudanças climáticas e seus potenciais impactos ambientais e socioeconômicos.

O IPCC foi criado em 1988 e, desde então, já publicou cinco relatórios para subsidiar acordos internacionais para redução da emissão de gases causadores do efeito estufa e aquecimento global, como aconteceu com os acordos de Kyoto, em 1997 e de Paris, em 2016. O professor Marcos será um dos 19 brasileiros responsáveis pela sexta edição do documento .

A cada chamada da ONU para um novo relatório, os governos dos 105 países  membros do IPCC indicam diversos pesquisadores de renome como candidatos ao trabalho.  Este ano foram indicados 2858 especialistas e apenas 230 foram referendados pela coordenação do Painel. A seleção leva em conta o currículo do pesquisador e a diversidade geográfica, entre outros critérios.

O Sexto Relatório de Avaliação atualizará nosso conhecimento sobre as mudanças climáticas, seus impactos, riscos, possíveis opções de resposta e desempenhará um papel importante na implementação do Acordo de Paris", disse o Presidente do IPCC, Hoesung Lee. Para ele, as equipes de autores, escolhidas dentre as centenas de excelentes indicações fornecem os conhecimentos necessários em várias disciplinas para conduzir a avaliação. “Estou satisfeito por termos também aumentado a proporção de mulheres e cientistas de países em desenvolvimento envolvidos em nosso trabalho", acrescentou Lee.

O IPCC não realiza pesquisa nem monitora dados climáticos, mas analisa e avalia as informações científicas, técnicas e socioeconômicas mais relevantes para a compreensão das mudanças climáticas. Os membros se reunem periodicamente para os debates que irão subsidiar o relatório final. O professor Heil será o autor do capítulo sobre ciclos de carbono e outros ciclos biogequímicos  no Grupo de Trabalho (WG1)sobre mudanças no clima planetário.

Não acompanharemos apenas a ciência que se faz sobre mudanças climáticas, mas também o que vem sendo feito em termos de adaptação e mitigação,através da redução das emissões de gases causadores do efeito estufa. Queremos conhecer as previsões e o impacto destas mudanças nas atividades humanas, nos ecossistemas naturais, na  agricultura e recursos hídricos”, explicou Marcos Heil.

Os três Grupos de Trabalho do IPCC finalizarão suas contribuições para o relatório em 2021. Em 2022, será divulgado um relatório síntese para o primeiro Global Stocktake, uma revisão periódica do progresso coletivo para alcançar as metas de longo prazo do Acordo de Paris.

Para o professor Marcos Heil, que coordena o Grupo de Pesquisa em Interação Atmosfera/Biosfera da UFV, a indicação fortalece a graduação e a pós-graduação em Engenharia Agrícola e na Universidade. “Em vez de ensinar e discutir o que está nos relatórios lançados a cada seis ou oito anos nós passamos a fazer parte deles, acompanhando de perto tudo o que se produz sobre os temas e atualizando constantemente  nossos alunos e pesquisas”.

 Os trabalhos realizados pelo grupo do programa de pós-graduação em meteorologia aplicada da UFV já haviam sido citados por diversos relatórios anteriores, mas segundo Heil, a indicação para compor o IPCC aproxima ainda as pesquisas  dos autores que estão consolidando o conhecimento e influenciando o pensamento sobre mudanças climáticas globais. “Mais que um reconhecimento pessoal é também um trabalho que dará grande visibilidade à UFV.

Saiba mais sobre Marcos Heil Costa

Formou-se em Engenharia Agrícola na UFV (1986) onde também fez mestrado em Meteorologia Agrícola(1991).  O doutorado foi concluído em  Climatologia pela Universidade de Wisconsin-Madison, EUA.

É pesquisador sobre clima, uso da terra, ciclo do carbono, água e agricultura no Brasil Central e Amazônia com foco no uso de modelos ambientais, sensoriamento remoto e dados de campo para diagnosticar e prever as mudanças no meio ambiente e na agricultura que aconteceram e acontecerão em um futuro próximo, devido às mudanças climáticas e de uso da terra.

É professor titular da UFV, bolsista 1B do CNPq e foi Coordenador Geral de estudos sobre Mudanças do Clima do Ministério da Ciência e Tecnologia (2011).

 Léa Medeiros
Divulgação Institucional
Foto
: Daniel Sotto-Maior

 

 

.

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial