Notícias

Teses defendidas na UFV estão entre as vencedoras do Prêmio Capes 2017

11/10/2017

Duas teses defendidas, ano passado, nos programas de pós-graduação em Economia Aplicada e em Ciência da Nutrição da UFV estão entre as vencedoras do Prêmio Capes de Tese 2017. O resultado foi divulgado esta semana pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A tese premiada na área de Nutrição foi “Epigenetic mechanisms involved in the interaction between diet and the expression of inflammation-related genes”, defendida por José Luiz Marques Rocha – atualmente professor na Universidade Federal do Espírito Santo - e orientada pela professora Josefina Bressan. Segundo os autores, os mecanismos epigenéticos estão envolvidos na regulação da expressão gênica, incluindo metilação do DNA e microRNA (miRNA), que desempenham um papel crucial no desenvolvimento e manutenção de complicações metabólicas. Os resultados sugerem que a modulação da expressão de miRNAs e metilação de DNA, por meio de uma abordagem nutricional, pode ser uma alternativa futura ou adjunta à terapia farmacológica atual. Além disso, o estudo amplia o entendimento de como os ácidos graxos podem atuar nas células imunológicas relacionadas com a inflamação.

Na área de economia, a tese premiada foi “Essays on Energy and Climate Change”, defendida pelo professor Ian Michael Trotter, do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada (PPGEA), e orientada por José Gustavo Féres, pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada e professor do PPGEA. A tese conclui que a gestão de recursos energéticos é fundamental para a economia global e o bem-estar da população. Segundo os autores, o trabalho apresenta três estudos sobre energia e mudanças climáticas: um sobre o uso eficiente dos recursos naturais, um sobre o impacto de mudanças climáticas na demanda de energia elétrica no Brasil e uma análise das consequências de um dos maiores esforços de mitigação até hoje.

O Prêmio Capes de Tese 2017 consiste em diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses para o autor do trabalho; auxílio de participação em congresso nacional para o orientador, e distinção outorgada ao orientador, coorientador e ao programa em que a tese foi defendida. Os autores e seus orientadores também receberão apoio para participarem da cerimônia de premiação, no dia 7 de dezembro, em Brasília.

Léa Medeiros
Divulgação Institucional

Ian Trotter e José Luiz Rocha receberão o prêmio, em Brasília, no dia 7 de dezembro

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial