Notícias

Universidade discute ações com Secretaria de Museus e Espaços de Ciência

21/03/2017

Representantes da Secretaria de Museus e Espaços de Ciência da UFV (Semec) e dos 12 setores que a compõem se reuniram com a administração da Universidade na manhã desta terça-feira (21) para repassar informações e discutir demandas. A reunião contou com a participação da reitoria Nilda de Fátima Ferreira Soares, do vice-reitor João Carlos Cardoso Galvão e do pró-reitor de Extensão e Cultura, Clóvis Andrade Neves.

A coordenadora da Secretaria, a professora do Departamento de Solos Cristine Carole Muggler, destacou a importância da Semec para conectar e dar visibilidade para os museus e espaços de ciência da instituição, bem como para oferecer mais opções de lazer científico-cultural para as comunidades universitária, viçosense e da região. De acordo com ela, depois que a Semec iniciou suas atividades, as visitações dos 12 setores aumentaram significativamente e isso também é mostrado em relatórios e outros documentos. Atualmente, como a coordenadora informou, cerca de 13 mil pessoas visitam os museus e espaços anualmente.

Cristine afirmou que, além de estar construindo seu estatuto, a Secretaria precisa receber investimentos nas áreas de infraestrutura e atendimento para continuar crescendo. Segundo ela, a Secretaria precisa de um local próprio para se consolidar, melhorar e desenvolver suas atividades e alocar o que for comum aos seus museus e espaços de ciência, como, por exemplo, uma biblioteca temática. Atualmente, a Semec funciona no Museu Histórico e Pinacoteca da UFV.

Em relação ao atendimento, Cristine falou sobre a importância de envolver mais bolsistas de extensão nas ações dos setores. As visitas, como ela explicou, são majoritariamente acompanhadas por eles e têm sido prejudicadas pelos recentes cortes orçamentários e a diminuição do número de bolsas. A Secretaria não atende, por exemplo, em tantos fins de semana como gostaria.

A reitora, além de destacar a satisfação de ver a Semec funcionando bem, com pessoas tão envolvidas e dispostas a contribuir cada vez mais, disse ser clara a importância de investir na infraestrutura e no atendimento dos setores. Para ela, assim como para o vice-reitor e o pró-reitor de Extensão e Cultura, mesmo com o momento de dificuldades financeiras, é possível encontrar maneiras de atender às demandas e as discussões serão continuadas neste sentido. A reitora sinalizou, inclusive, a disponibilidade de instalar a sede da Semec na Vila Giannetti, onde está a maioria dos museus e espaços de ciências vinculados a ela.

Sobre a Semec
Os museus e espaços de ciências da Universidade se consolidaram e fortaleceram o desenvolvimento de atividades conjuntas por meio da Secretaria entre o final de 2014 e o início de 2015, após uma reunião da reitora com o grupo de professores envolvidos com os setores. Desde então, realizam exposições permanentes e itinerantes, oficinas, minicursos e eventos culturais e de divulgação e popularização da ciência, além de ações internas, como a formação conjunta do seu pessoal.

Atualmente, ela conta com cerca de 90 colaboradores em seus 12 setores: Casa Arthur Bernardes, Herbário VIC, Horto Botânico, Mata da Biologia, Mata do Paraíso, Museu da Comunicação, Museu de Ciências da Terra Alexis Dorofeef, Museu de Zoologia João Moojen, Museu Histórico da UFV, Parque Interativo de Botânica, Pinacoteca e Sala Mendeleev.

Mais informações podem ser obtidas no site www.semec.ufv.br.

(Divisão de Jornalismo)

.

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial