Notícias

UFV-Florestal recebe calouros de cursos superiores

10/03/2017

Primeiro dia de recepção de calouros

A UFV-Florestal recebeu, na última segunda-feira (6), os calouros dos cursos superiores para o primeiro semestre de 2017. Para recepciona-los, a Diretoria de Ensino (DIE) preparou uma programação com acolhimento por meio de “bate papo” com os diretores, coordenadores e palestras sobre o uso da Biblioteca dos Sistemas Acadêmicos, tudo com horário e salas separados conforme o curso.

Para iniciar a conversa com os calouros, os diretores de Ensino e de Pesquisa e Pós-Graduação, Diego França e Marco Antônio de Oliveira, respectivamente, mostraram o vídeo sobre a UFV-Florestal feito em comemoração aos 10 anos de implantação dos cursos superiores e transformação da escola técnica em campus universitário.

O diretor de Ensino, professor Diego França, além de dar instruções gerais sobre o funcionamento da universidade, destacou para os novos estudantes que eles acabam de ingressar em uma das principais instituições de ensino do Brasil e do mundo em nível de excelência, especialmente em Ciências Agrárias. Explicou, ainda, que a UFV é uma universidade multicampi, mantendo os campi Viçosa, Rio Paranaíba e Florestal. Lembrando que nossos cursos foram recentemente avaliados pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), obtendo desempenho positivo. “O mercado de trabalho seleciona os melhores profissionais. Estudar na UFV já é um começo, mas é preciso se esforçar também”, ressaltou Diego.

O diretor falou, ainda, sobre a cidade de Florestal, o número de estudantes, os meios de transporte e o fato de que os alunos passam a maior parte do dia no campus. E, por isso, a universidade tem passado por melhorias contínuas em infraestrutura. Ele mencionou as obras já realizadas e as que estão em fase de término para melhor atender à comunidade acadêmica.

Diego França destacou, ainda, a importância de participar das atividades previstas na Recepção de Calouros e de atualizar a carteira de vacinação, dado que estamos passando por um dos maiores surtos de Febre Amarela no Brasil.

As aulas tiveram início na terça-feira (7). O professor Diego recomendou que os alunos não deixem acumular conteúdo para estudar somente na hora da prova. Os que tiveram dificuldade em alguma matéria detectada no Enem, foram automaticamente matriculados em tutorias (código TUT), o que os auxiliará no andamento de matérias básicas. Lembrando que essas “aulas” são ministradas por estudantes veteranos que dominam as matérias e devidamente selecionados para tal.

Por outro lado, há também as monitorias, que são aulas de reforço ou revisão de matéria para quem está com dificuldade nos conteúdo ou precisa de auxílio para provas ou trabalhos. A monitoria também é feita por estudantes de graduação selecionados para tal.  

O diretor de Ensino finalizou ressaltando a proibição do trote nas universidades por lei. Assim, em caso de brincadeiras ofensivas e contra a vontade do calouro, é preciso comunicar a qualquer servidor da universidade para que sejam tomadas as providências necessárias. Dessa forma, ele apresentou os coordenadores de curso aos estudantes e ressaltou que eles podem encontrar apoio também no Diretório Central dos Estudantes (DCE).

Já o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Marco Antônio de Oliveira, apresentou o organograma da UFV, explicando o funcionamento multicampi e as atribuições dos setores administrativos da UFV-Florestal. Ele fez observações sobre o orçamento do campus e ressaltou a responsabilidade de cada um dos estudantes diante do investimento que a sociedade faz na educação deles por meio dos impostos pagos para manter a universidade funcionando.

Neste ponto, o professor da área de Ciência de Alimentos, Bruno Corradi, lembrou o concurso fotográfico e de redação em comemoração aos 90 anos da UFV com a hashtah #orgulhodeserUFV, em que toda a comunidade acadêmica multicampi da UFV mostrou o valor e o “peso” do nome “Universidade Federal de Viçosa, a qual tem reconhecimento internacional. E, conforme o professor, essa excelência é, devido, em maior parte, à qualidade aos alunos formados pela instituição. E, no caso do campus Florestal, o mercado tem reconhecido a ao formação dos alunos. Segundo o professor, isso é devido ao fato de que, quando da implantação dos cursos superiores, já havia uma estrutura herdada dos cursos técnicos e há grande proximidade entre professores e estudantes no sentido de incrementar a quantidade e a qualidade em Ensino, Pesquisa e Extensão.

O diretor de Pesquisa e Pós-Graduação ressaltou, no entanto, que a produção em pesquisa depende mais da iniciativa e criatividade dos professores e alunos que da estrutura oferecida. Afinal, a partir das oportunidades de concorrência aos editais de bolsas da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), abertos no início e no fim do ano, é que os estudantes terão a chance de desenvolver um projeto de Iniciação Científica. E, para tal, é preciso ter bom coeficiente de rendimento (índice que mede o desempenho acadêmico do estudante em cada período letivo).

Assim, o professor Marco Antônio aconselhou os calouros a serem pró-ativos, ou seja, participarem de pesquisa e extensão, não ficando presos somente aos bancos das salas de aula. “Ajudem a construir o nome da UFV-Florestal”, foi a mensagem final do diretor. “A formação acadêmica depende 90% de vocês”, concluiu o professor.

Após acolhimento pelos diretores, os calouros foram recebidos pelos coordenadores de seus respectivos cursos, para informações e instruções detalhadas. A programação seguiu com palestras sobre uso da Biblioteca e sobre os Sistemas Acadêmicos da UFV nas tardes de segunda e terça-feira. Os cursos noturnos tiveram a Recepção de Calouros adaptada para o período da noite.

 

Por Campus UFV-Florestal/Fernanda Pessoa  

Conversa com o diretor de Ensino, Diego França

Conversa com o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Marco Antônio de Oliveira

Apresentação do curso de Ciência da Computação pela coordenadora Gláucia Braga e Silva

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

Campus UFV - Florestal

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial