Notícias

Universidade realiza mais uma iniciativa de internacionalização direcionada a professores

16/02/2017

Para Ana Maria Barcelos, os docentes que fizeram o curso estão preparados para a internacionalização

O Departamento de Letras (DLA), por meio do Núcleo de Línguas (Nucli) e em parceria com a Diretoria de Relações Internacionais (DRI), encerrou, na manhã desta quinta-feira (16), o curso English as Medium of Instruction. Ele foi ministrado para docentes da UFV com o objetivo de capacitá-los e incentivá-los a oferecer disciplinas em inglês nas graduações e pós-graduações da instituição.

A professora do DLA e coordenadora do Nucli, Ana Maria Barcelos, explicou que a DRI incentiva o oferecimento de disciplinas em inglês na UFV há tempo, mas o curso ministrado nesta semana foi o primeiro da parceria com o Departamento e com o Núcleo. A iniciativa, de acordo com ela, faz parte do processo de internacionalização da Universidade, que já participa de programas de intercâmbio junto com instituições de ensino e de pesquisa do mundo todo. O Nucli, que é vinculado ao Programa Idiomas sem Fronteiras do governo federal, já ensina língua portuguesa para os estrangeiros que estão na UFV e, agora, também está contribuindo para que os professores da instituição se sintam seguros e confortáveis para oferecer disciplinas em inglês.

O curso English as Medium of Instruction foi ministrado, desde a segunda-feira (13), pelas professoras Ana Maria e Maria da Conceição Aparecida Zolnier, também do DLA, e pelos bolsistas do Nucli André dos Santos e Camila Serafim. Durante duas horas por dia, os 12 docentes participantes – dos departamentos de Arquitetura e Urbanismo, Biologia Vegetal, Ciências Sociais, Economia Rural, Engenharia Elétrica, Química, Solos e Zootecnia – se envolveram em reflexões sobre a internacionalização na Universidade, o ensino em inglês e em atividades práticas.

Para o professor do Departamento de Ciências Sociais Guillermo Vega Sanabria, “foi muito legal ver colegas de diferentes departamentos interessados no curso”. Segundo ele, a experiência foi muito interessante, já que “não tem como se internacionalizar sem se dispor a transitar por outras línguas e culturas”. O professor do Departamento de Solos Leonardus Vergütz também elogiou a iniciativa que permite não só praticar o inglês, como ainda conhecer métodos de ensino. Ele destacou que o curso auxiliará a Universidade a ter “uma base boa para receber os internacionais”.

Na avaliação da professora Ana Maria, os docentes que participaram do curso estão preparados para o desafio da internacionalização: “já poderiam dar aulas em inglês”. Segundo ela, a experiência foi positiva e as próximas edições do curso dependerão da demanda da UFV.

(Divisão de Jornalismo)

.

Notícias

Destaques


Campus UFV - Viçosa

Campus UFV - Florestal

Campus UFV - Rio Paranaíba

  • Ministério da Educação
  • Transparência Pública
  • Acesso à Informçãão
  • Agenda da Reitora
  • Campus Oficial